Início » Processo de copywriting em publicidade para anunciantes

Processo de copywriting em publicidade para anunciantes

por Marketing Digital Learn

Você está disposto a levar seu jogo de publicidade para o próximo nível? Não procure mais do que o poder enterrado em copywriting .

Criar mensagens atraentes que cativam seu público-alvo e geram resultados não é tarefa fácil, mas com o processo certo, você pode criar uma cópia que realmente brilha em seu caminho de marketing.

Neste artigo, vamos mergulhar fundo no mundo dos direitos autorais e explorar o processo passo a passo que envolve a elaboração de textos publicitários eficazes.

Da pesquisa e análise ao desenvolvimento do conceito criativo e refinamento da cópia, abordaremos tudo.

Se você é um profissional de marketing experiente que deseja aprimorar suas habilidades ou um empresário que deseja impulsionar sua campanha publicitária , este artigo é para você.

Prepare-se para descobrir os segredos do copywriting eficaz e aprender como aplicá-los aos seus esforços de publicidade.

Então, pegue seu bloco de notas, coloque sua cabeça para pensar e vamos começar a jornada para criar uma ótima copy que converte.

O que é processo de copywriting na publicidade?

processo de copywriting na publicidade é uma abordagem estruturada para criar conteúdo escrito que comunique com sucesso as principais mensagens de um produto ou marca para um consumidor-alvo.

Esse processo envolve uma série de etapas, cada uma delas essencial para a criação de um texto que capte a atenção, envolva o público e o motive a agir.

Quais são os processos passo a passo necessários para criar uma cópia publicitária eficaz?

processo de copywriting na publicidade

A criação de uma cópia de publicidade eficaz envolve um processo passo a passo que inclui as seguintes etapas:

#1. Pesquisa e análise

Esta etapa envolve a coleta de informações sobre o consumidor-alvo, a concorrência e o produto que está sendo anunciado.

Ao entender as necessidades, desejos e desafios do público, o copywriter pode criar mensagens que ressoam com eles.

A pesquisa e a análise são componentes importantes da redação, pois ajudam a garantir que a cópia seja informativa, precisa e persuasiva.

Os redatores precisam conduzir uma pesquisa completa para entender seu público, o produto que estão promovendo e o mercado que estão almejando.

Eles também precisam analisar os dados que coletam para criar uma cópia eficaz que ressoe com o consumidor pretendido.

A pesquisa envolve a coleta de informações de várias fontes, incluindo pesquisas com clientes, análise da concorrência, relatórios de pesquisa de mercado e tendências do setor.

Os redatores precisam entender a psicografia, a demografia e o comportamento do público-alvo para criar conteúdo que se conecte com seus interesses, valores e motivações.

Eles também precisam entender o produto que estão promovendo, incluindo seus recursos, benefícios e pontos de venda exclusivos (USP).

A análise envolve a interpretação dos dados coletados durante a pesquisa para criar uma cópia que aborde os pontos problemáticos e as objeções do público-alvo.

Os redatores precisam analisar as informações que coletam para determinar a mensagem, o tom de voz e o estilo de redação mais eficazes.

Leia:   Dicas práticas para escrever 2x mais conteúdo

Eles também precisam analisar os dados para garantir que sua cópia esteja alinhada com os valores, missão e visão da marca.

Pesquisa e análise são processos contínuos que ajudam os redatores a criar cópias de sucesso que convertem.

Além disso, os redatores precisam se manter atualizados com as últimas tendências do setor, mudanças de mercado e comportamento do cliente para criar conteúdo que ressoe com os clientes.

#2. Desenvolvimento de conceito criativo

Armado com o conhecimento obtido a partir da pesquisa e análise, o redator desenvolve um conceito criativo que formará a base da campanha publicitária .

O conceito deve ser único, memorável e fascinante, e deve comunicar os principais benefícios do produto que está sendo promovido.

O desenvolvimento do conceito criativo é uma parte essencial do processo de redação, pois envolve a criação de ideias inovadoras e envolventes que capturam a atenção do público e comunicam a mensagem do cliente com sucesso.

É o processo de geração de uma grande ideia que impulsiona a cópia geral e a direção criativa de uma campanha publicitária.

Para desenvolver um conceito criativo, os redatores devem primeiro entender o público-alvo, o produto que está sendo promovido e as metas e objetivos do comprador.

Eles devem identificar a mensagem-chave que precisa ser comunicada e fazer um brainstorming de ideias que transmitam essa mensagem de forma memorável e eficaz.

Os redatores podem aproveitar várias técnicas para desenvolver conceitos criativos, como brainstorming, mapeamento mental, pensamento visual e associação de palavras. Eles também podem se inspirar na música, literatura, arte e outras formas de expressão criativa.

Depois que um conceito criativo é desenvolvido, os redatores podem começar a criar a cópia em torno dele, aproveitando o conceito para orientar o tom geral, o estilo e a mensagem da campanha.

O conceito criativo deve ser consistente em todos os materiais de marketing, incluindo anúncios, postagens de mídia social, páginas de destino e outros.

O desenvolvimento do conceito criativo é uma parte crítica do processo de redação que pode fazer a diferença entre uma campanha esquecível e uma que se destaca e ressoa com o consumidor.

Processo de redação de cópias em publicidade

#3. Desenvolvimento de títulos e subtítulos

O título e os subtítulos são elementos importantes do texto que prendem a atenção do leitor e o estimulam a continuar lendo. Eles devem ser concisos, envolventes e alinhados com o conceito criativo.

O desenvolvimento de títulos e subtítulos, como já foi dito, é um aspecto crucial do copywriting, pois é a primeira coisa que os leitores veem e podem determinar se continuam lendo o restante do conteúdo ou não. O título e o subtítulo devem ser atraentes, persuasivos e informativos.

O título é a janela para a peça e deve capturar a atenção do leitor imediatamente. Deve ser conciso, claro e transmitir a mensagem principal do conteúdo.

O título também deve ser relevante para o consumidor-alvo e abordar seus pontos problemáticos.

Leia:   Cinco recursos e extensões de SEO gratuitos para experimentar

Subtítulos, também conhecidos como subtítulos ou subtítulos, são títulos menores que aparecem ao longo do conteúdo.

Eles dividem o texto em seções menores e tornam mais fácil para o usuário digitalizar e digerir as informações. Os subtítulos devem fornecer informações adicionais sobre o conteúdo, expandir o título e fornecer contexto.

Para desenvolver títulos e subtítulos impactantes, os redatores precisam entender seus consumidores-alvo, seus interesses e seus pontos problemáticos.

Os redatores podem aproveitar várias técnicas para desenvolver títulos e subtítulos, como usar palavras poderosas, fazer perguntas, criar urgência, oferecer soluções e usar humor.

O objetivo é criar títulos e subtítulos que atraiam o cliente em potencial e os encorajem a continuar lendo até o final do texto.

#4. Criação de cópia do corpo

A cópia do corpo é o texto principal da cópia do anúncio e deve ser escrita em um estilo claro, conciso e atraente.

Ele deve comunicar as principais mensagens e benefícios do produto, ao mesmo tempo em que aborda os pontos problemáticos e os interesses do público.

O corpo do texto deve ser bem estruturado e fácil de ler, com uma estrutura clara que guie o leitor pelo conteúdo.

Também deve ser escrito em um tom e estilo que correspondam à marca e ressoem com o público-alvo.

Para criar um corpo de cópia bem-sucedido, os redatores devem realizar pesquisas e analisar o consumidor-alvo para entender seus interesses e pontos problemáticos.

Eles também devem entender o produto que está sendo promovido e ser capazes de comunicar seus recursos, pontos de venda exclusivos e benefícios.

A cópia do corpo deve ser escrita de uma maneira fácil de entender e assimilar. Ela deve usar parágrafos curtos, marcadores e títulos para dividir o texto e torná-lo mais legível.

Também deve usar linguagem clara e concisa, evitando jargões da indústria ou profissionais e termos técnicos que possam confundir o leitor.

Os redatores também devem adicionar uma chamada à ação (CTA) no corpo da cópia, incentivando o leitor a realizar uma ação específica, como fazer uma compra, preencher um formulário, entrar em contato com a empresa ou assinar um boletim informativo.

#5. Desenvolvimento de chamada para ação

Desenvolvimento de chamada para ação

Uma chamada para ação (CTA) é uma declaração que incentiva o público a realizar uma ação específica, como fazer uma compra, preencher um formulário ou se inscrever em um serviço.

O CTA deve ser claro, conciso e alinhado com o resultado desejado do anúncio.

Em direitos autorais, o CTA é um componente importante da cópia publicitária, pois orienta o público em direção ao resultado desejado.

Ao criar uma frase de chamariz, os redatores devem considerar o seguinte:

#1. Seja claro e conciso: o CTA deve ser simples de entender. Use uma linguagem simples e evite jargões profissionais ou termos técnicos que possam confundir o público.

#2. Seja específico: o CTA deve indicar claramente qual ação o público deve realizar. Por exemplo, “Inscreva-se hoje” ou “Compre a venda agora” são chamadas de ação claras e específicas.

Leia:   20 dicas de blogs acionáveis ​​para iniciantes

#3. Crie um senso de urgência: use uma linguagem que crie um senso de urgência, como “Não perca” ou “Oferta por tempo limitado”. Isso encoraja o público a agir rapidamente antes que a oportunidade saia de seu alcance.

#4. Alinhe com o conceito criativo: o CTA deve estar alinhado com a mensagem geral e o conceito criativo do anúncio. Isso garante consistência e reforça a mensagem principal.

#5. Teste diferentes opções: testar vários CTAs ajuda a identificar qual versão é mais eficaz para impulsionar a ação desejada.

#6. Revise e otimize

Uma vez que a cópia tenha sido escrita, ela deve passar por um processo cuidadoso de revisão e refinamento. Isso pode envolver a edição de gramática, pontuação e ortografia, bem como o teste de várias versões da cópia para ver qual ressoa melhor com o consumidor-alvo.

É também uma oportunidade de verificar se o conteúdo está de acordo com a marca e a mensagem do cliente.

A otimização envolve a análise do conteúdo para garantir que ele tenha um bom desempenho e atinja o objetivo desejado.

Isso pode envolver a revisão de dados analíticos para ver como o conteúdo está sendo recebido pelo consumidor-alvo, identificando áreas para refinamento e fazendo as modificações necessárias para melhorar o desempenho do conteúdo.

Os redatores podem aproveitar várias ferramentas e técnicas para revisar e otimizar seu conteúdo, ferramentas como Grammarly e outros softwares de verificação ortográfica, realizando testes de usuário e analisando dados de otimização de mecanismo de pesquisa (SEO) .

Durante o processo de revisão e refinamento, os redatores devem considerar o seguinte:

#1. O conteúdo é envolvente e relevante para o consumidor-alvo?

#2. O conteúdo flui bem e tem uma estrutura clara?

#3. Há erros ortográficos ou gramaticais?

#4. O conteúdo é otimizado para SEO ?

#5. A chamada à ação é clara e eficaz o suficiente?

Ao revisar e otimizar o conteúdo, os redatores podem garantir que ele seja bem-sucedido, livre de erros e atinja os objetivos de publicidade do cliente.

E observe que é um processo contínuo que deve ser revisado regularmente para garantir que o conteúdo permaneça relevante e atualizado.

Conclusão

Em conclusão, o processo de redação publicitária é um elemento importante que envolve várias etapas, desde a pesquisa e análise até a revisão e otimização.

O copywriting eficaz requer uma compreensão profunda do consumidor-alvo, do produto que está sendo oferecido e das metas e objetivos do cliente.

 

Você Pode Gostar