Início » 6 estratégias eficientes de otimização de conteúdo que você precisa experimentar

6 estratégias eficientes de otimização de conteúdo que você precisa experimentar

por Marketing Digital Learn

Com os algoritmos em constante mudança dos mecanismos de pesquisa e a concorrência cada vez maior no espaço digital, é vital ficar à frente e adotar as últimas tendências e técnicas para garantir que seu conteúdo seja visto por seu público-alvo.

 Há muitas grandes vitórias com a publicidade paga , sem dúvida. Mas há vitórias ainda maiores (e um ROI maior) com o marketing de conteúdo . Então, é hora de divulgar esse conteúdo para o mundo e observar os leads chegando. Com essas estratégias e dicas comprovadas de otimização de conteúdo, é mais fácil do que parece.

1.     Crie um avatar de cliente ideal (ICA)

Quer seja 2023 ou 2033, esse ponto deve estar sempre no topo de suas listas de itens obrigatórios e obrigatórios como profissional de marketing. Produzir conteúdo para todos é perda de tempo. Ao mirar em todas as pessoas de uma vez, você não atingirá ninguém.

Compreender as pessoas, que constrói a espinha dorsal de sua futura base de clientes, é uma das etapas mais importantes ao desenvolver uma estratégia de marketing de conteúdo . Antes de fazer alguns posts, você tem que entender as dores e questões dos seus clientes, desenvolvendo assim a lista de lucros que você pode oferecer. Como fazer isso certo?

Crie um avatar de cliente ideal (ICA)

Esquema de construção do seu ICA

Você não precisa ser totalmente rígido quanto à representação fictícia exata de seu cliente ideal (nome, cor do cabelo, roupa, etc.). Mais importante é esclarecer os pontos em comum, as características comuns que seus principais clientes e membros do público têm em comum.

Normalmente, pode ser dividido em três categorias diferentes:

— demográficas (sua idade, sexo, renda, ocupação, título);

— geográfica (sua cidade, estado, província, país);

— psicográfico (é aqui que a maior parte do seu ICA deve realmente ser formado — seus valores, atitudes, interesses, crenças, afiliações políticas, estilos de vida, etc.)

Com certeza, você também pode ter vários ICAs diferentes. O truque é servi-los com mensagens diferentes. Você simplesmente não pode apelar para eles usando a mesma terminologia genérica, ampla e branda. Existe uma grande expressão que diz “O cliente não compra quando entende, compra quando se sente compreendido”.

Psicográficos

Como já mencionado, você deve prestar atenção especial a este ponto. Psicográficos são as características que se relacionam com a personalidade, valores, interesses e estilo de vida de uma pessoa. Aqui estão algumas maneiras de identificar os psicográficos do seu ICA:

● Use pesquisas com clientes. Reúna informações sobre atitudes, crenças e valores, hobbies, interesses e estilo de vida de seus clientes para entender os pontos problemáticos que você tentará resolver com a ajuda de seu produto ou serviço.

● Analisar o comportamento da mídia social. As plataformas de mídia social são uma rica fonte de dados. Você pode analisar o conteúdo com o qual eles se envolvem, os grupos aos quais pertencem e as páginas que seguem para obter informações sobre sua psicografia.

● Estude o feedback do cliente. Analise o feedback que você recebe de seus clientes para identificar temas comuns relacionados à sua psicografia. Isso pode incluir comentários em seu site, páginas de mídia social ou canais de suporte ao cliente.

Um avatar de cliente ideal bem pesquisado e bem escrito é a base para todas as melhores estratégias de otimização de conteúdo e produção chave de conteúdo sob medida e personalizado, bem como geração de leads. Para o último, o SEO é uma etapa essencial. Leadgenapp.io o destacou mais de uma vez em suas pesquisas e é difícil argumentar contra isso. É disso que trata nossa próxima estratégia de otimização de conteúdo.

Leia:   Como escrever um post de blog (que as pessoas realmente queiram ler) em 9 etapas

#2.     Dê ênfase à otimização de SEO

A otimização de mecanismo de busca tem sido um componente crucial do marketing digital por muitos anos e continua sendo um fator crucial na otimização de conteúdo em 2023. Na verdade, de acordo com um estudo recente, 93% de todas as experiências online começam com um mecanismo de pesquisa, ressaltando a importância de otimizar o conteúdo para os mecanismos de pesquisa.

O que significa otimizar o conteúdo para SEO e como as empresas podem fazer isso de maneira eficaz? Há alguns elementos cruciais a serem mencionados a esse respeito:

— Pesquisa de palavras-chave. Use palavras-chave de maneira natural e estratégica, em vez de “rechear” o conteúdo com elas na tentativa de manipular as classificações de pesquisa. Para encontrar palavras-chave relevantes para seu conteúdo, você pode usar ferramentas como Google Keyword Planner, Ahrefs ou SEMrush.

Conhecer as frases que seu público-alvo está procurando e ter uma visão sobre a competitividade dessas palavras-chave é metade da batalha. As palavras-chave certas atraem links que são a mina de ouro para aumentar o tráfego. A compra de backlinks é outra estratégia comum para melhorar a classificação do site e aumentar a visibilidade do seu conteúdo.

 — Otimização móvel. O algoritmo do Google agora prioriza o conteúdo compatível com dispositivos móveis nos resultados de pesquisa. Para otimizar o conteúdo para dispositivos móveis, as empresas devem garantir que seu site seja responsivo e que o conteúdo seja fácil de ler e navegar em telas menores. Isso pode incluir o uso de tamanhos de fonte maiores, simplificação de menus de navegação e uso de elementos de design responsivos, como layouts fluidos e imagens escaláveis.

 — Estrutura de conteúdo. Use títulos e subtítulos para organizar o conteúdo, bem como listas numeradas ou com marcadores para dividir o texto. Além disso, as empresas devem usar URLs descritivos e informativos que reflitam com precisão o conteúdo da página. Isso pode ajudar os mecanismos de pesquisa a entender o conteúdo da página e a classificá-la com mais precisão.

3.     Escolha qualidade em vez de quantidade

Hoje em dia, o segredo para obter o máximo retorno do seu investimento em marketing é priorizar a qualidade sobre a quantidade, criando um conteúdo melhor. Desde que o marketing de conteúdo existe, há um debate sobre qual abordagem é melhor: quantidade, em que a estratégia é produzir o máximo de conteúdo humanamente possível, ou qualidade, em que o foco é criar menos cópias, mas de maior qualidade .

No momento, para a maioria dos clientes, concentrar-se na criação de conteúdos de menor qualidade, mas de maior qualidade , proporcionará um melhor retorno do seu investimento de tempo e energia.

Para provar isso, você pode conferir o artigo sobre mitos comuns de SEO dissipados em 2023. Além disso, basta olhar para o YouTube, onde você pode ver a mudança e a tendência em ação com muitos canais mudando de uma programação de upload consistente, favorecendo, em vez disso, , lançando um vídeo quando estiver pronto.

Qualidade do conteúdo

Melhor abordagem para o início

Se você está apenas começando com a criação de conteúdo ou marketing , o conselho é favorecer a quantidade em detrimento da qualidade, pelo menos no começo. Isso ocorre porque a qualidade geralmente vem da quantidade. Além disso, você realmente vai precisar colocar os representantes para construir esse músculo de criação de conteúdo. Sem mencionar que até que você tenha algum conteúdo criado e publicado, é difícil saber o que realmente é melhor.

Nesses termos, as únicas métricas a serem observadas são como seu público se envolve e responde ao que você está criando. Para mantê-lo no caminho certo para criar um conteúdo melhor, existem três regras a serem consideradas.

  1. Melhor conteúdo = conteúdo relevante. Isso significa que ressoa com a pessoa para a qual foi criado. É aí que entra em cena o avatar do cliente ideal.
  2. Melhor conteúdo = conteúdo valioso. Ele fornece valor ao seu público de alguma forma, seja ensinando-lhes algo, inspirando-os ou até mesmo oferecendo valor para aliviar a tensão.
  3. Melhor conteúdo = conteúdo divertido. Não se trata de criar uma produção no nível de Hollywood, mas de pensar um pouco em como torná-la mais envolvente.
Leia:   Plug-in de segurança do WordFence: Guia e dicas de segurança do WordPress

No entanto, essas regras não são a única coisa que você precisa considerar ao tentar aproveitar ao máximo seu conteúdo. A terceira estratégia pode ser outra ferramenta poderosa em seu kit de ferramentas de marketing.

4. Experimente a construção da tribo

Uma das melhores estratégias de marketing que continua a fornecer resultados excelentes e retornos descomunais pelo esforço que você tem que fazer é a construção de uma tribo. Tem a ver com a criação de uma comunidade ou grupo de pessoas afins em torno de um tópico, negócio, indústria ou mercado do qual você faz parte.

 Reunir um grupo de pessoas que pensam da mesma forma ou ser a fonte de informações para esse grupo gera uma enorme quantidade de confiança, autoridade e boa vontade. Ele estabelece seu negócio e seu conteúdo como um recurso com o qual outras pessoas podem contar.

O mais importante e poderoso de tudo, porém, é que o foco na construção da tribo pode construir relacionamentos reais que se estendem muito além daquelas transações simples pelas quais a maioria das empresas está tentando competir.

Existem inúmeras maneiras de construir sua tribo, hospedá-la ou interagir com eles, incluindo grupos de discussão e fóruns online. Existem associações, sessões de perguntas e respostas e webinars.

Nos últimos anos, o foco costumava ser um gráfico social, que são tribos construídas em torno de conexões pessoais e sociais. Agora, graças ao nosso mundo grande e completamente interconectado, são as tribos que são construídas no gráfico de interesse, elas são as mais fortes. Veja bem, o avatar do cliente ideal também é parte essencial dessa estratégia. Qual é o próximo?

Construção de tribo de conteúdo

#5.     Confie no marketing de vídeo

Aqui está a dura verdade – o futuro do marketing é o vídeo. O presente do marketing também é o vídeo, especialmente nos últimos cinco anos. Quase todas as plataformas de mídia social continuam a priorizar o conteúdo de vídeo como seu principal objetivo

Dos players óbvios, como YouTube e TikTok, aos menos óbvios, como Instagram e LinkedIn, o vídeo está ocupando cada vez mais o feed de notícias. Um estudo recente mostra :

  • 86% das empresas usam vídeo como ferramenta de marketing;
  • 87% dos profissionais de marketing afirmaram que o conteúdo de vídeo os ajudou a aumentar o tráfego;
  • 81% dos profissionais de marketing afirmaram que produzir mais conteúdo de vídeo os ajudou a aumentar drasticamente as vendas.

 Mas onde as coisas ficam realmente empolgantes é da perspectiva do cliente, com as pessoas assistindo a uma média de 19 horas de vídeo online por semana. Este é um aumento de apenas uma hora por semana em comparação com 12 meses atrás, mas é um aumento quase alucinante de 8,5 horas por semana nos últimos três anos.

Marketing de vídeo

Aproveite ao máximo

Uma das melhores coisas sobre o marketing de vídeo é que ele facilita a reformatação e o reaproveitamento do seu conteúdo. Digamos que você acabou de gravar um vídeo longo para um novo canal do YouTube.

Leia:   Um guia para a estratégia de marketing de conteúdo SaaS

Em vez de apenas postar e encerrar o dia, você também pode transcrevê-lo e ter uma versão em texto do vídeo que você pode postar em um blog ou nas mídias sociais.

Use o áudio desse vídeo do YouTube e agora você terá um episódio de podcast independente. Adicione vídeo ao seu marketing por e-mail, o que pode aumentar seus cliques em 300%. Junte-o e divida-o para compartilhá-lo em todos os tipos de diferentes plataformas de mídia social.

O conselho de ir lá e começar a fazer vídeos pode parecer esmagador, então vamos detalhar uma estratégia que você pode usar para começar e possivelmente até terminar. Apenas uma coisa simples pode ser toda a sua estratégia de marketing, tudo embrulhado em um ponto grande e lucrativo. E isso é começar focando nos shorts.

Se tivéssemos que escolher um único tipo de mídia de marketing para criar, seria um vídeo vertical curto.

O tipo de vídeo que você vê como shorts do YouTube, como bobinas do Facebook e Instagram e como TikToks com 60 segundos ou menos. Hoje em dia, esse é o tipo de conteúdo que está se provando não apenas com os consumidores, mas também com os algoritmos. Dito isso, o YouTube parece ser a melhor posição para capitalizar esses shorts.

No entanto, isso não é marketing de vídeo, é apenas a quarta das cinco estratégias de otimização de conteúdo. Temos mais um ás na manga.

#6.     Simplifique suas campanhas de e-mail

As campanhas de e-mail são uma parte importante da estratégia de otimização de conteúdo, pois permitem que as empresas se conectem com seu público de maneira mais pessoal e envolvente. O e-mail marketing é um mecanismo bem definido que transforma:

● novos assinantes em clientes potenciais;

● leva a novos clientes;

● novos clientes em clientes recorrentes;

● clientes repetidos em clientes regulares (em última análise, são eles que garantem a estabilidade do seu negócio).

Campanhas de e-mail de conteúdo

 

Então, como você pode se beneficiar disso e por onde começar? Comece com uma segmentação simples. Divida seu público até o ponto em que você aprende mais sobre eles enquanto oferece algo relevante para eles.

Crie interações personalizadas que aumentam o valor da vida útil do cliente. Ao trabalhar com sua lista de e-mail, tente separar as seguintes categorias de assinantes:

●       seguidores leais e leads de marketing;

●       novos assinantes;

●       seguidores inativos.

 A ideia de segmentar cada segmento com uma mensagem ou produto distinto é o coração do email marketing. Crie um funil de vendas com o objetivo de ajudar seu público e utilize todo o arsenal de ferramentas de e-mail marketing da web.

A chave para converter leads é pensar dentro das caixas de entrada dos clientes, entender suas necessidades e fornecer o valor máximo.

Empacotando

À medida que olhamos para o futuro da otimização de conteúdo, uma coisa é clara: o poder de um ótimo conteúdo para se conectar com o público continuará a ser uma força motriz em estratégias de marketing bem-sucedidas.

Ao priorizar a experiência do usuário, direcionar o público certo e alavancar as mais recentes técnicas de SEO, as empresas podem criar conteúdo que não apenas informa e entretém, mas também envolve novos leads e os transforma em clientes constantes.

 

Você Pode Gostar