Início » 10 estratégias de marketing de afiliados garantidas para ajudar os designers de moda a arrasar em 2023

10 estratégias de marketing de afiliados garantidas para ajudar os designers de moda a arrasar em 2023

por Marketing Digital Learn

indústria da moda sempre foi conhecida por suas mudanças dinâmicas e suas tendências criativas, com estilos icônicos executando seus ciclos ao longo das décadas. A recente introdução da mídia social provou ser um divisor de águas para o marketing de moda, e como não poderia ser agora com a capacidade de alcançar milhões de pessoas com o toque de um botão? No entanto, devido ao enorme mar de usuários, encontrar e restringir o público-alvo certo é muito mais fácil dizer do que fazer.

O surgimento da Covid-19 impactou o mercado de diversas formas, fazendo com que as pessoas encontrassem novas formas de alimentar seus hábitos enquanto ficam dentro de casa. A pandemia acabou resultando em uma mudança para as compras online, especialmente em telefones celulares. Em uma tentativa de se mover paralelamente ao fluxo do público, muitas marcas recorreram a diferentes plataformas de mídia social para anunciar seus produtos.

O marketing de influenciadores e o marketing de afiliados são novas técnicas de marketing que surgiram no mundo da publicidade moderna. Embora ambos se sobreponham, algumas semelhanças, como a atenção total para manter relacionamentos com os clientes e fornecer aos usuários prova social para determinados produtos e serviços, cada um deles tem diferenças únicas que abordaremos abaixo. Essas distinções são bastante úteis ao decidir qual técnica usar para o seu negócio.

O que é marketing de influência?

Outra forma moderna de marketing que conquistou o mundo digital é o marketing de influenciadores. O marketing de influenciadores é uma estratégia de marketing de mídia social em que um influenciador promove determinados produtos ou serviços com a intenção de aumentar o reconhecimento da marca. As campanhas de marketing de influenciadores são comumente realizadas em uma variedade de plataformas de mídia social, como Instagram, Facebook ou YouTube. Essa forma de marketing é útil para marcas que desejam gerar buzz sobre sua empresa e se beneficiar do ato de compartilhamento social que os influenciadores podem iniciar entre seus espectadores. Ser criativo, inovador e memorável com o conteúdo são maneiras de se espalhar como fogo nas mídias sociais, e encontrar um influenciador que se sinta confiável e autêntico com seu público é a chave para uma campanha de sucesso.

Uma característica importante dessa técnica é que os influenciadores de mídia social construíram um relacionamento com seus espectadores ao longo do tempo e estabeleceram credibilidade, e essa prova social leva a maiores chances de eles usarem os links ou códigos de referência. Essa estratégia pode se assemelhar à propaganda tradicional de endosso, em que uma celebridade popular posando com um determinado produto traz uma imagem positiva.

Estatísticas de marketing de influenciadores

O marketing de influenciadores exige que as marcas se concentrem na quantidade de seguidores nas redes sociais que o influenciador tem e na atividade em suas postagens nas redes sociais. Se o influenciador tiver uma taxa de engajamento geral consistente em suas postagens e seus seguidores se adequarem ao nicho de seu público-alvo, isso abre a possibilidade de um alcance de alto potencial. Dependendo do tamanho da campanha de marketing de influenciadores, existem diferentes tipos de influenciadores que podem ser mais ideais do que outros. Por exemplo, uma marca de moda local pode optar por um nano-influenciador que é muito mais ativo com seus seguidores do que um macro-influenciador , onde seus esforços de marketing podem ser perdidos em um mar de seguidores falsos.

Enquanto os afiliados recebem comissões por cada clique, conversão ou venda que fazem, os influenciadores que promovem produtos ou serviços geralmente recebem uma taxa fixa pelas marcas. Como a colocação do produto é fundamental, o relacionamento entre os influenciadores e seu público é o que é valioso para as marcas. Os influenciadores também costumam receber o produto que devem promover para experimentá-lo com antecedência, o que é, obviamente, uma maneira de eles saberem o que estão apresentando. Inevitavelmente aumentando o nível de autenticidade, também é outro meio para os influenciadores mostrarem o produto afiliadoem tempo real. Vídeos de unboxing ou análises de produtos são um ótimo exemplo disso. Os influenciadores que são ativos e confiáveis ​​em seu nicho podem ser procurados por várias marcas, ganhando uma forma alternativa de renda passiva.

Como funciona o marketing de afiliados de moda?

Agora que você teve uma rápida introdução às duas técnicas mais recentes da era do marketing digital, podemos começar a observar seus benefícios no espaço do marketing de moda. As compras on-line trazem muitos benefícios para os clientes em potencial, no entanto, removem uma interação pessoal que as experiências tradicionais de compras presenciais costumavam oferecer. Com todo o processo sendo digital, pode se tornar mais complicado para o proprietário de uma empresa entender quem está interessado em seus produtos e como eles acabam comprando-os. Do ponto de vista comercial, é importante saber quem são seus potenciais clientes, pois assim será mais fácil entender sua jornada de compra e ajudar a adequar o processo de venda às suas necessidades.

Leia:   O que são artigos patrocinados e como eles funcionam para SEO

Embora o marketing de influenciadores e afiliados tenham suas diferenças únicas, eles também têm muitas semelhanças que os tornam uma estratégia de marketing de mídia social desejável para proprietários de empresas de marcas de moda. A primeira semelhança é o método eficaz de técnicas de marketing boca a boca para marcas que buscam aumentar a exposição como um de seus objetivos de negócios. Outra semelhança é que tanto os afiliados quanto os influenciadores sociais têm altos níveis de confiança com seus espectadores, tornando suas recomendações muito mais valiosas.

Aqui está um rápido resumo de como vai todo o processo.

  • Uma marca entra em contato com as redes afiliadas para encontrar um influenciador ou criador de conteúdo em seu nicho de público. Se acordado, eles se juntam a um dos programas de marketing de afiliados e recebem um URL personalizado e/ou um ID exclusivo para promover os produtos. Eles agora são oficialmente afiliados!
  • Normalmente, os afiliados recebem o produto físico do afiliado ou, em alguns casos, o produto digital para experimentá-lo e ver por si mesmos. Isso dá a eles uma ideia melhor do que exatamente eles estão apresentando e como comercializá-lo de maneira ideal em diferentes canais de mídia social.
  • O afiliado cria conteúdo em várias redes sociais, certificando-se de adicionar seu link ou código personalizado na postagem.
  • Um potencial cliente que se interessa após ver um dos posts clica no link de afiliado, acabando por redirecioná-lo para o site do vendedor. Aqui é feito um cookie para registrar a visita do link do afiliado.
  • Depois que a transação é concluída e a compra é feita, o comerciante afiliado usa o cookie para verificar qual link trouxe o comprador. Isso é registrado e o afiliado é creditado com a venda.
  • Dependendo do acordo, os programas de afiliados fornecem análises sobre vendas e comissões, além de enviar o pagamento apropriado.
Como funciona a comissão

Com isso dito, também existem diferentes variações nos modelos de comissão entre os programas de afiliados . Gerar vendas parece ser o objetivo óbvio para a maioria das empresas, mas existem outras ações que são úteis dependendo do produto ou serviço do afiliado. Além de uma transação de venda, essas ações incluem um cliente em potencial preenchendo um formulário de registro, assinando um serviço ou compartilhando algum conteúdo em suas contas de mídia social. O objetivo do negócio é o fator decisivo de qual modelo de comissão usar. Embora existam alguns métodos, aqui estão alguns dos modelos mais comuns usados ​​hoje:

Custo por mil impressões (CPM)

O CPM já é usado há muitas décadas e é usado principalmente em sites que geram muito tráfego. Para cada mil visualizações do anúncio, o afiliado ganha uma taxa fixa mesmo que a taxa de cliques (CTR) seja baixa. Embora esses anúncios estejam localizados em uma área altamente exposta (o posicionamento do anúncio em banner é importante aqui!), a taxa de cliques geralmente não é tão alta quanto costumava ser. Para aumentar de forma otimizada as taxas de conversão, o anúncio deve ser colocado em um site onde a maior parte do tráfego gerado seja o mercado-alvo.

Custo por lead (CPL)

CPL é um modelo de comissão que recompensa os afiliados com uma taxa fixa por lead, ou cliente em potencial, que eles enviam para a empresa. Também conhecido como “ geração de leads ”, é comumente usado em negócios B2B que se beneficiam de clientes em potencial deixando seus dados de contato com eles em caso de interesse futuro. Isso pode ser na forma de registros, inscrições de e-mail ou aplicativos. O afiliado recebe o valor fixo, independentemente de o lead seguir ou não.

Custo por ação (CPA)

O CPA é um modelo extremamente comum usado agora, que consiste em pagar aos afiliados uma taxa fixa quando uma ação específica é concluída usando os links fornecidos por eles. Quer se trate de uma venda, inscrição em uma assinatura ou registro de detalhes do usuário, essa técnica é a mais econômica para as empresas, pois elas só pagam quando há uma ação concluída.
Hoje em dia, com o mercado online fervendo, os designers de moda têm uma variedade de opções para aumentar suas vendas. Agora, com o marketing de afiliados, é possível não apenas gerar vendas, mas também criar relacionamento entre os clientes e a marca. Em última análise, isso cria relacionamentos duradouros que se convertem em vendas recorrentes e mostra um retorno sobre os investimentos (ROI) bastante eficazquando direcionados a nichos específicos. Você pode definitivamente contar com o influenciador para causar impacto na receita, pois seu potencial está na conexão com seus seguidores. A comunidade é rei!

Por que o marketing de afiliados é a chave para o sucesso em 2023?

Quando se trata de moda, estar à frente é fundamental! Nos últimos anos, o marketing digital se intensificou e se tornou dominante no espaço do marketing de moda, especialmente com a introdução das mídias sociais. Desde o golpe do covid-19, as pessoas passaram a fazer compras online, causando uma grande mudança nas estratégias de marketing. Em 2021, impressionantes 73% de todas as compras online foram feitas por meio de telefones celulares , comprovando a importância de ter uma presença social online. O marketing de influenciadores e o marketing de afiliados estão chegando a quase todos os nichos, resultando em criadores de conteúdo se esforçando mais para criar conteúdo valioso e manter um alto envolvimento com sua comunidade.

Leia:   35 sites de fotos gratuitas e pagas para postagens de blog (atualizado)

A indústria da moda assumiu a liderança como o nicho mais popular no ano passado , representando quase um quarto de todas as contas de programas de afiliados. Se você está optando por uma carreira em marketing de moda, esta é para você. Em 2020, a indústria da moda representou 19% de todas as vendas de marketing de afiliados. Ele aumentou até 25% em 2021 e deve continuar aumentando nos próximos anos. O crescimento futuro é inevitável quando se trata de marketing de relacionamento e, com o marketing de afiliados e a indústria da moda no topo das paradas, é hora de incorporá-lo às suas estratégias! O marketing de afiliados é uma indústria multibilionária, com os gastos somente nos EUA estimados em US$ 8,2 bilhões até 2023. Crescendo imensamente a cada ano, o marketing de afiliados está claramente aqui para ficar.

3 principais países de destino de tráfego primário para comerciantes afiliados - EUA, Reino Unido, UE

10 estratégias de marketing de afiliados garantidas para ajudar os designers de moda a arrasar em 2023

Agora que abordamos o que é marketing de afiliados e por que ele é inevitavelmente a chave para o sucesso de sua marca em 2023, é hora de começar a reunir dicas e truques úteis do setor. Não sabe por onde começar? Além de buscar redes de afiliados , é importante ter uma estratégia sólida de marketing de conteúdo! Aqui estão 10 estratégias de marketing garantidas para ajudá-lo a planejar sua campanha de marketing de afiliados :

1. Aumente a experiência do cliente

Tornar o processo de compra divertido e memorável é uma maneira segura de manter seus clientes envolvidos com o que mais você tem por vir! Nas plataformas de mídia social, os usuários são bombardeados com oportunidades e negócios de todos os lugares, tornando-os naturalmente muito seletivos. Ser criativo com sua campanha adiciona uma luz positiva, então procure afiliados e influenciadores de moda para promover sua marca e mantê-la dinâmica! Não hesite em adicionar peculiaridades extras à sua experiência. Implemente embalagens personalizadas ou recicláveis, envie newsletters por e-mail com as próximas ofertas ou crie guias de estilo para mostrar a versatilidade do produto. É claro que seu cliente quer ver 9 maneiras diferentes de usar um cachecol! Isso mostra que você se preocupa com o cliente, o que os faz sentir especiais.

2. Planeje campanhas de fim de ano

Durante as festas de fim de ano, as pessoas tendem a se sentir mais generosas e generosas, tornando este o momento perfeito para campanhas especiais. Isso é relativamente consistente, então é uma ótima oportunidade para organizar negócios ao longo do ano em produtos relevantes para o cliente. Os designers de moda devem aproveitar as festividades comemorativas regulares. Esteja você oferecendo promoções de Natal durante os meses de inverno ou gerando buzz nas vendas de biquínis na primavera, sempre há uma chance de planejar com antecedência! Cada temporada dá a você a oportunidade de experimentar diferentes campanhas, observar a resposta da comunidade e aproveitá-la para melhorá-la a cada ano que passa.

3. Aproveite a programação de anúncios

Felizmente, estamos em um período em que a automação se tornou uma ferramenta online comum em campanhas de marketing. Como a presença de mídia social de afiliados e influenciadores gira em torno do envolvimento da comunidade, saber quando e com que frequência postar é útil para obter mais impressões e um ROI mais alto. Aproveite a ajuda extra e agende anúncios para horários e dias ideais. Ao fazer análises de engajamento, você pode não apenas identificar os horários desejados, mas também pré-escrever os anúncios e deixar a automação fazer o resto. Planeje sua campanha de marketing com antecedência e liberte-se depois! Existem muitos indicadores-chave de desempenho (KPIs), como taxa de cliques (CTR) e taxas de conversão, que podem ajudá-lo a acompanhar seu progresso ao longo das campanhas.

10 estratégias de marketing de afiliados garantidas para ajudar os designers de moda a arrasar em 2023

4. Público-alvo por interesses específicos

Quanto mais específico for um nicho, mais provável será que as campanhas de marketing direcionadas sejam bem-sucedidas. Segmentar pessoas que têm um interesse específico em determinados estilos, tecidos ou estilo de vida é benéfico para o desempenho das estratégias de marketing de moda. Quando se trata de influenciadores, ter um público-alvo é mais fácil, pois as pessoas os seguem por conta própria. Os afiliados também podem restringir um nicho para o marketing de afiliados , embora em menor grau, com a segmentação geográfica .

5. FOMO – Campanhas Fear of Missing Out

As campanhas do tipo FOMO têm repetidamente se mostrado bastante eficazes. Seja um produto de edição limitada ou apenas algumas vagas para uma experiência de mudança de vida, tanto os afiliados quanto os influenciadores podem utilizar esse método popular. Primeiro, crie um hype em torno de um produto, serviço ou experiência que você realmente acredita valer a pena. Em seguida, enfatize a disponibilidade limitada do mesmo, gerando uma atmosfera de emoção e suspense, e movendo os níveis de engajamento. Isso dá aos clientes não apenas algo para antecipar, mas também algo emocionante para acompanhar junto com o criador de conteúdo.

Leia:   Exploração de ideias de IA e requerimentos para impulsionar o seu marketing de conteúdo.

6. Trabalhe com os locais

Embora o marketing digital garanta altas impressões e conveniência do usuário, trabalhar com os locais e realizar eventos presenciais é uma maneira segura de obter exposição e conhecer seus clientes. Isso dá aos clientes uma sensação de interação pessoal, pois eles tiveram uma experiência memorável e a chance de ver a pessoa por trás da marca. A proatividade é uma vantagem, pois destaca a transparência e o esforço genuíno por trás da campanha. Organizar um desfile de moda, fazer parceria com galerias de arte locais ou hospedar uma loja pop-up são formas de se integrar à comunidade local. Isso também pode ajudar a gerar conteúdo para a mídia social, já que os seguidores geralmente gostam de seguir os “bastidores” dos criadores de conteúdo na vida real.

7. Faça celebridades trabalharem com você

Essa estratégia de marketing de mídia social funciona um pouco melhor com influenciadores do que com afiliados, embora não seja impossível. Quando se trata de exposição de marca e marketing de influenciadores, postar engajamento em conteúdo de mídia social é realmente importante aqui. Conseguir que qualquer celebridade trabalhe com você afeta o burburinho que você já gerou, aumentando as impressões e possivelmente até se tornando viral! Trabalhar com celebridades é ideal em plataformas sociais que podem realmente mostrar ao público que há uma conexão real com essa campanha . Os comerciantes afiliados podem optar por isso se a celebridade for conhecida e bem vista em seu nicho de destino, embora possa ser complicado para um afiliado anunciar parcerias de celebridades em determinados meios, como uma postagem de blog ou lista de e-mail.

8. Faça parceria com blogueiros de moda

Como destacado no ponto anterior, as parcerias são importantes! A parceria com blogueiros de moda é uma ótima maneira de obter impressões de clientes em potencial que já estão envolvidos em seguir as tendências da moda. Essa estratégia aumenta o potencial de leads, pois os anúncios são direcionados para um público-alvo garantido. Ao aumentar o tráfego entre vários canais sociais, afiliados e influenciadores podem se beneficiar dessa estratégia.

10 estratégias de marketing de afiliados garantidas para ajudar os designers de moda a arrasar em 2023

Assim como na moda, acompanhar as tendências digitais também é importante! Isso inclui coisas como desafios virais do TikTok, corridas de caridade, uso de diferentes efeitos de fotografia/vídeo e até mesmo, no início, trazendo à tona o metaverso. É sempre divertido ver um influenciador assumir uma determinada tendência feita em seu próprio estilo, já que é divertido e familiar ao mesmo tempo. Veja o que todo mundo está falando, seja criativo e mostre ao mundo o que você tem! Essa estratégia pode funcionar melhor com conteúdo visual gerado pelo usuário, portanto, os influenciadores podem ter uma taxa de engajamento mais alta do que os afiliados aqui. A sua participação mostra aos seus seguidores que você é ‘um deles’, experimentando essas tendências como eles são. Ao afrouxar a barreira entre o criador e a comunidade, os clientes se sentem mais à vontade e familiarizados com a marca.

10. Não tenha medo de sair da sua zona de conforto

A alta manutenção de ter uma presença na mídia social pode ser esmagadora, pois é difícil produzir conteúdo de qualidade de forma consistente. No entanto, não há dúvida de que hoje em dia na indústria da moda, o marketing de mídia social é essencial para ter uma marca de sucesso. Um designer deve estar pronto para deixar de lado suas próprias dúvidas quando se trata de se perguntar o que escrever nas legendas, ou pensar demais se aquelas citações inspiradoras cabem ali ou não. O fato é que alguns designers precisam sair da caixa e se colocar lá se não tiverem capital inicial. A longo prazo, é importante tentar se relacionar com os clientes para que cheguem em casa e eles se sintam confortáveis. Lembre-se de que a mídia social não foi feita para o designer, mas sim para os clientes.

Você Pode Gostar